Corujinha 01
Destaques

      Corujinha 02
Ajuda Humanitária.


      Corujinha 03
Animais.


      Corujinha 04
Artesanato de lixo reciclável.


      Corujinha 05
Casa.


      Corujinha 06
Ciência.


      Corujinha 07
Como Surgiu.


      Corujinha 08
Curiosidades.


      Corujinha 09
Drogas.


      Corujinha 10
Ecologia.


      Corujinha 11
Esportes.


      Corujinha 12
Filmes.


      Corujinha 13
Instrumentos Musicais.



      Corujinha 15
Mamães e Bebês.


      Corujinha 16
Maquiagem.


      Corujinha 17
Mitos e Verdades.


      Corujinha 18
Notícia no Mundo.


      Corujinha 19
Novo acordo Ortográfico.


      Corujinha 20
Paisagismo e Jardinagem.


      Corujinha 21
Pescaria e piscicultura.


      Corujinha 22
Politica.


      Corujinha 23
Primeiros Socorros.


      Corujinha 24
Receitas.


      Corujinha 25
Salve o Planeta e a Biodiversidade!


      Corujinha 26
Saúde.


      Corujinha 27
Sexualidade.


      Corujinha 28
Situações Diárias.


      Corujinha 29
Sociedade.


      Corujinha 30
Tecnologia.


      Corujinha 31
Turismo, Lugares, Viagens.


      Corujinha 32
Universo.


      Corujinha 33
Vida e diversidades.


Boliche.

Orçamentos de Laguinhos www.laguinhos.com.br
Monte em instantes o orçamento para seu laguinho.


Filtros Biológicos www.fontesechafarizes.com.br
Veja on-line que custa muito pouco acabar com as algas.


Anti-algas e Anti-Cloro www.filtrouv.com.br
O fim das algas em seu lago.

                                                              

Uma partida tem geralmente 10 jogadas com 2 lances cada. Quando um jogador faz strike (derrubar todos os 10 pinos em 1 lance) por 10 vezes consecutivas, têm direito á mais 2 lances, sendo assim o máximo possível de 300 pontos, que é obtido com os 12 strike.

A história do boliche é indefinida, sendo que há várias possibilidades. Uma delas é que um arqueólogo teria encontrado, na tumba de uma criança egípcia, um jogo similar ao boliche, que tinha pinos e bolas primitivas.

Também foi encontrada por um grupo de arqueólogos, em 2007 uma tumba nunca vista igual. Nessa tumba havia uma espécie de salão de jogos semelhante ao do boliche. O achado foi identificado como da dinastia de Ptolomeu, que durou de 332 a.C. à 30 d.C.

No séc. XII surgiu o boliche na grama, porém o esporte ficou tão popular que a prática foi proibida pelo rei Eduardo que temeu que o arco fosse menos praticado e assim enfraquece as defesas do reino.

No séc. XIX nos Estados Unidos, o boliche se modificou. Nessa época foi acrescentado um pino no boliche, ficando assim com os 10 pinos que são usados atualmente. Na Europa, em alguns locais, ainda se usa 9 pinos nas partidas de boliche.

Em 1926 países como a Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Holanda, Noruega e EUA formaram a Associação Internacional de Boliche, e estabeleceram como regra as seguintes medidas:

Pista: tem o comprimento de 18m e largura de 3m.

Bola: tem de ser de material não metálico e circunferência de 68cm ou mais.

Pino: feito de material resistente e coberto de plástico. O peso deve variar entre 1531g à 1645g.

Alguns jogadores de boliche podem dizer que jogam “por instinto”, porém, normalmente os jogadores utilizam algum sistema, como:

Pin Bowler ou Head Pin Bowler – eficiente para aqueles que jogam a bola reta, não reativa, e que usam bolas de velocidade. Miram os pinos em algum momento do saque.

Spot Bowling – nunca olha para os pinos. Mira em algum ponto da pista e tem como objetivo passar a bola por cima desse ponto.

Line Bowling – olha para os pinos e visualiza um ponto da pista por onde a bola deve passar. É a união dos sistemas anteriores.

O boliche é um esporte de estratégia e técnica. Para se tornar um profissional, são necessários treino e experiência.

Por: infoescola.com
Ana Paula e Equipe Manja de Tudo.
Orçamentos de Laguinhos www.laguinhos.com.br
Monte em instantes o orçamento para seu laguinho.


Filtros Biológicos www.fontesechafarizes.com.br
Veja on-line que custa muito pouco acabar com as algas.


Anti-algas e Anti-Cloro www.filtrouv.com.br
O fim das algas em seu lago.


    
   © 2011 Manja de Tudo.     www.manjadetudo.com.br.     Contribua conosco enviando sua dica, pergunta ou sugestão aqui.