Corujinha 01
Destaques

      Corujinha 02
Ajuda Humanitária.


      Corujinha 03
Animais.


      Corujinha 04
Artesanato de lixo reciclável.


      Corujinha 05
Casa.


      Corujinha 06
Ciência.


      Corujinha 07
Como Surgiu.


      Corujinha 08
Curiosidades.


      Corujinha 09
Drogas.


      Corujinha 10
Ecologia.


      Corujinha 11
Esportes.


      Corujinha 12
Filmes.


      Corujinha 13
Instrumentos Musicais.



      Corujinha 15
Mamães e Bebês.


      Corujinha 16
Maquiagem.


      Corujinha 17
Mitos e Verdades.


      Corujinha 18
Notícia no Mundo.


      Corujinha 19
Novo acordo Ortográfico.


      Corujinha 20
Paisagismo e Jardinagem.


      Corujinha 21
Pescaria e piscicultura.


      Corujinha 22
Politica.


      Corujinha 23
Primeiros Socorros.


      Corujinha 24
Receitas.


      Corujinha 25
Salve o Planeta e a Biodiversidade!


      Corujinha 26
Saúde.


      Corujinha 27
Sexualidade.


      Corujinha 28
Situações Diárias.


      Corujinha 29
Sociedade.


      Corujinha 30
Tecnologia.


      Corujinha 31
Turismo, Lugares, Viagens.


      Corujinha 32
Universo.


      Corujinha 33
Vida e diversidades.


A curiosidade é interna ou é vinda de fora.

Orçamentos de Laguinhos www.laguinhos.com.br
Monte em instantes o orçamento para seu laguinho.


Filtros Biológicos www.fontesechafarizes.com.br
Veja on-line que custa muito pouco acabar com as algas.


Anti-algas e Anti-Cloro www.filtrouv.com.br
O fim das algas em seu lago.

                                                           


Até agora a origem exata da curiosidade intriga a ciência, mas psicólogos têm conseguido classificar alguns aspectos da curiosidade. Só que não fica respondida a dúvida maior: a curiosidade vem de dentro de nós ou é uma resposta ao mundo exterior?

Um campo da psicologia acredita que a curiosidade é um impulso interno, originado em nós mesmos, como a sede ou a fome. Esta teoria do impulso vê a curiosidade como uma necessidade que ocorre naturalmente e que precisa ser satisfeita de modo bem semelhante a como saciamos a fome - ao comer.   Quando nossa curiosidade se manifesta nos voltamos a velhos ou novos interesses como forma de satisfazer essa necessidade.

A teoria do impulso ajuda a explicar o comportamento de busca da curiosidade. Ela mostra por que nós ativamente vamos atrás de e nos envolvemos em fazer palavras cruzadas ou tocar um instrumento. Essas atividades não são apenas supérfluas – elas também trazem o risco de falhar. Só que elas fazem muito mais sentido se vistas como alimento para nossa curiosidade.

O que a teoria do impulso não explica é o funcionamento da curiosidade em relação a um objeto específico. É aqui que entra a teoria da incongruência. Essa teoria se baseia na ideia de que a curiosidade surge quando nos deparamos com algo que não bate com nosso entendimento do mundo.

Tendemos a pensar no universo como algo previsível e ordenado; pela teoria da incongruência, quando esta ordem é desafiada nossa curiosidade é despertada. Imagine que enquanto você lê este texto um lápis se mova sozinho uns 5 centímetros. Isso não se encaixa em nossa visão do mundo. Lápis não se mexem sozinhos. Você acha que conseguiria não tentar descobrir por que o lápis saiu do lugar?

Nesse caso nossa curiosidade foi atiçada por um evento externo, e fomos levados a tentar entendê-lo, o que sustenta a teoria da incongruência.
Mas a teoria do impulso e a teoria da incongruência não explicam totalmente a curiosidade. Cada uma tem limitações ao explicar um aspecto ou outro, o que mantém a curiosidade como um mistério. Isso não significa que não tenhamos a algumas conclusões sobre ela. A discussão sobre a curiosidade ter origem dentro de nós ou ser uma reação ao que encontramos na vida pouco tem a ver com a forma como o fenômeno é classificado.

Por: ciencia.hsw.uol.com.br
Ana Paula e Equipe Manja de Tudo.
Orçamentos de Laguinhos www.laguinhos.com.br
Monte em instantes o orçamento para seu laguinho.


Filtros Biológicos www.fontesechafarizes.com.br
Veja on-line que custa muito pouco acabar com as algas.


Anti-algas e Anti-Cloro www.filtrouv.com.br
O fim das algas em seu lago.


    
   © 2011 Manja de Tudo.     www.manjadetudo.com.br.     Contribua conosco enviando sua dica, pergunta ou sugestão aqui.