Corujinha 01
Destaques

      Corujinha 02
Ajuda Humanitária.


      Corujinha 03
Animais.


      Corujinha 04
Artesanato de lixo reciclável.


      Corujinha 05
Casa.


      Corujinha 06
Ciência.


      Corujinha 07
Como Surgiu.


      Corujinha 08
Curiosidades.


      Corujinha 09
Drogas.


      Corujinha 10
Ecologia.


      Corujinha 11
Esportes.


      Corujinha 12
Filmes.


      Corujinha 13
Instrumentos Musicais.



      Corujinha 15
Mamães e Bebês.


      Corujinha 16
Maquiagem.


      Corujinha 17
Mitos e Verdades.


      Corujinha 18
Notícia no Mundo.


      Corujinha 19
Novo acordo Ortográfico.


      Corujinha 20
Paisagismo e Jardinagem.


      Corujinha 21
Pescaria e piscicultura.


      Corujinha 22
Politica.


      Corujinha 23
Primeiros Socorros.


      Corujinha 24
Receitas.


      Corujinha 25
Salve o Planeta e a Biodiversidade!


      Corujinha 26
Saúde.


      Corujinha 27
Sexualidade.


      Corujinha 28
Situações Diárias.


      Corujinha 29
Sociedade.


      Corujinha 30
Tecnologia.


      Corujinha 31
Turismo, Lugares, Viagens.


      Corujinha 32
Universo.


      Corujinha 33
Vida e diversidades.


Coprofagia Canina.

Orçamentos de Laguinhos www.laguinhos.com.br
Monte em instantes o orçamento para seu laguinho.


Filtros Biológicos www.fontesechafarizes.com.br
Veja on-line que custa muito pouco acabar com as algas.


Anti-algas e Anti-Cloro www.filtrouv.com.br
O fim das algas em seu lago.

                                                                             

Primeiramente, é preciso verificar se o cão não está com algum problema fisiológico, como problemas na digestão, por exemplo. A falta de digestão de alguns nutrientes pode deixar as fezes bastante apetitosas. Se o cão come as fezes de outro animal (de outro cão ou do gato, por exemplo), este deve também passar por consulta veterinária para ser avaliado. Se não for descoberta nenhuma causa médica, é preciso, então, avaliar o histórico comportamental. Os cães podem comer por brincadeira, por ansiedade, para chamar atenção ou por imitação.

Devemos sempre observar se a disposição da caminha, comida e banheiro está correta. A caminha e a comida devem estar longe do banheirinho. Cães que dormem, comem e brincam perto do banheirinho, tem maior possibilidade de desenvolver coprofagia. Por isso, devemos oferecer brinquedos mais interessantes (podem ser recheados com petiscos, por exemplo) e aumentar suas atividades no dia-a-dia.

Alguns cachorros ingerem fezes por ansiedade, muitas vezes por não saberem ficar sozinhos. Se este for o caso, o ideal é consultar um especialista em comportamento para auxiliar no tratamento da ansiedade e ensinar o cão a ficar sozinho gradativamente. Lembrando que, se ao chegar em casa o cachorro já tiver comido o cocô, não devemos dar bronca, pois ele não entenderá o motivo pelo qual o dono está brigando.

É comum o cão "aprender" a comer as fezes por imitação ou para chamar atenção quando os donos as recolhem na frente dele. Por perceber que aquele objeto (as fezes) chama atenção do dono, ele passa a "pegar" também para imitar. O dono começa a dar atenção para aquele ato e o animal passa a pegar as fezes para ganhar atenção do dono. Desta forma, recolha o cocô do animal bem calmamente ou sem que ele veja.

Pode ser feito um condicionamento para que o cachorro vá em busca do petisco assim que ele fizer cocô. O dono chama o cão para outro ambiente assim que este terminar a evacuação. Pode pedir um comando (como o "senta") e dar o petisco como recompensa.

Existe também no mercado uma série de produtos que podem ser usados para evitar a ingestão do cocô. Produtos com gosto amargo podem ser borrifados nas fezes. Assim que o animal se aproximar, sentirá o gosto e cheiro ruins e passará a evitar a ingestão.

Algumas medicações, indicadas por veterinários, também podem ser usadas. Elas tem o princípio de deixar as fezes menos apetitosas e evitam a ingestão das fezes.

E lembrem-se: consultem sempre um veterinário e um especialista em comportamento para esclarecer suas dúvidas.

Por: saudeanimal.com

Ana Paula e Equipe Manja de tudo.

Orçamentos de Laguinhos www.laguinhos.com.br
Monte em instantes o orçamento para seu laguinho.


Filtros Biológicos www.fontesechafarizes.com.br
Veja on-line que custa muito pouco acabar com as algas.


Anti-algas e Anti-Cloro www.filtrouv.com.br
O fim das algas em seu lago.


    
   © 2011 Manja de Tudo.     www.manjadetudo.com.br.     Contribua conosco enviando sua dica, pergunta ou sugestão aqui.